Editor: Henrique Magalhães
Rua Maria Elizabeth, 87/407
João Pessoa, PB. 58045-180
Brasil
Tel: (83) 8885.1211

Pedidos por transferência ou depósito bancário:
Banco do Brasil
Agência 1619-5
Conta 41626-6.

O preço das publicações já inclui a postagem como carta simples.

Envie por e-mail o número da agência onde for feito o depósito, seu pedido  e o endereço para entrega.

Contato
editora@marcadefantasia.com
www.marcadefantasia.com











Katita: maré cheia... de sereia

Katita: maré-cheia... de sereia
Anita Costa Prado & Ronaldo Mendes
Série Corisco, nº 8.
João Pessoa: Marca de Fantasia, 2012.28p. 12x18cm. R$10,00.
ISBN 978-85-7999-050-2

Os quadrinistas brasileiros vivem um dilema, por um lado esperam o pouco provável reconhecimento de seu trabalho pelas editoras comerciais, mais interessadas no lucro certo da republicação do material estrangeiro; por outro, sonham com a criação de uma lei de reserva de mercado que obrigue as editoras a publicar uma cota de material nacional , mesmo que pequena, relativa aos quadrinhos internacionais publicados no país. Vários projetos de lei já foram aventados, mas sempre são barrados pela articulação dos editores com os legisladores de plantão.

Mas há uma pequena parcela de autores que não se apega a essas ilusões, pegam seus personagens pelo braço e vão à luta, batalhando por dar visibilidade a sua criação. São justamente esses, que não perdem tempo em lamentações, que conseguem firmar um espaço próprio no universo dos quadrinhos brasileiros e, eventualmente, chegam ao almejado mercado.

Olhando de forma mais ampla, esse percurso da autoedição não é uma exclusividade nacional, nem fruto apenas da debilidade de nosso mercado. Lembremos que os hoje consagrados quadrinhos underground começaram nos Estados Unidos da América na década de 1960, com Robert Crumb e outros vendendo suas revistas de mão em mão, produzidas por eles mesmos. Não são poucos os que seguem o caminho da autonomia editorial em várias partes do mundo, ainda que se tenha mercados florescentes e criativos.

No Brasil, uma das autoras mais produtivas e inquietas é Anita Costa Prado. Poetisa e quadrinista, Anita criou a primeira personagem lésbica de nossos quadrinhos, rompendo ao mesmo tempo o tabu do meio majoritariamente masculino dos quadrinhos e a abordagem da homossexualidade feminina, cuja visibilidade dependia de alguém com a ousadia e engajamento. Sua personagem Katita já teve várias revistas editadas pela própria autora e pela editora independente Marca de Fantasia.

Katita é um sucesso incontestável. Além de prêmios, ganhou o reconhecimento carinhoso do público que a transformou numa das personagens mais queridas da atualidade. A nova edição de sua revista, Katita: maré-cheia... de sereia, lançada agora pela Marca de Fantasia, é, portanto, uma resposta ao desejo do público, que cobra a cada dia novas edições com suas tiras bem humoradas, com a habitual sensibilidade poética do texto de Anita Prado e o belo traço de Ronaldo Mendes, que ilustra a personagem.

Henrique Magalhães

   Mais revistas da série Corisco pela Marca de Fantasia
Osvaldo
Edgard Guimarães & Antonio Eder
2006. 36p. 14x20cm.
Aventuras de um ex-coelho de laboratório.
Metrópoles
Leonardo Santana & Maurício Fig
2008. 40p. 14x20cm.
Histórias autorais em cenário urbano.
Katita: o preconceito é um dragão
Anita Prado & Ronaldo Mendes
2010. 32p. 14x20cm.
Tiras sobre a homossexualidade feminina.
O cãozinho e o crocodilo
Luciano Irrthum
2ª ed. 2006. 28p. 14x20cm.
Uma viagem entre o pesadelo e a realidade.
Calvo
Edgard Guimarães & Luigi Rocco
Nº 2, 2003. 32p. 17x24cm. R$6,00.
Calvo interage com o mundo por meio de alucinações.




 INDEX  EDITORIAL  ÁLBUNS  LIVROS  REVISTAS  CAMARADAS