Editor: Henrique Magalhães
Rua Maria Elizabeth, 87/407
João Pessoa, PB. 58045-180
Brasil
Tel: (83) 8885.1211

Pedidos por transferência ou depósito bancário:
Banco do Brasil
Agência 1619-5
Conta 41626-6.

O preço das publicações já inclui a postagem como carta simples.

Envie por e-mail o número da agência onde for feito o depósito, seu pedido  e o endereço para entrega.

Contato
editora@marcadefantasia.com
www.marcadefantasia.com











Rendez-vous

Rendez-vous
Henrique Magalhães
Série Das tiras coração, 1. 2ª ed. João Pessoa: Marca de Fantasia, 2005. 52p. 14x20cm. R$10,00.
ISBN 85-87018-52-3

Uma das coisas mais difíceis, ainda que não pareça, no mundo dos quadrinhos, é a criação de um bom personagem. Não são muitos os autores que conseguem.

Henrique Magalhães conseguiu esse feito há 30 anos, com a criação de Maria, produzida principalmente para o formato tiras. Maria é uma personagem forte, carismática, tratando de temas não usuais nos quadrinhos, sempre de forma inteligente e bem humorada. Em outra ocasião, já tive a oportunidade de colocar Maria no mesmo patamar de outras grandes tiras como Rango e Zeferino. Talvez Maria fique a dever apenas no item quantidade. Infelizmente Henrique não produziu Maria de maneira constante e continuada. Por vários motivos. Talvez até a falta de espaço para publicação tenha sido um deles. Mas o fato é que Henrique se dedicou a muitas outras atividades, como a edição de fanzines e a carreira acadêmica cursando pós-graduação no Brasil e na França, e com isso seu trabalho como autor de quadrinhos ficou prejudicado.

E, vejo agora com maior clareza, não só Maria foi preterida. Eu já conhecia alguma coisa deste trabalho de Henrique, as tiras Rendez-vous. Mas como todo irmão menos famoso, foi eclipsado pelo brilho de Maria e não dei maior atenção a ele. A reunião destas tiras neste primeiro volume da série Das tiras coração, formando um conjunto coerente, equilibrado, mostra muito bem a qualidade do caçula. Aliás, Rendez-vous pode até ser considerado uma extensão de Maria. Pois está presente também em Rendez-vous o tema que é mais caro a Henrique: a defesa das minorias oprimidas, das vítimas dos preconceitos, dos marginalizados pela sociedade. Em Maria o enfoque principal era a condição da mulher inferiorizada e a repressão à livre expressão do amor. Em Rendez-vous, Henrique expande o tema: fala da crise de identidade dos transvestidos; do calvário dos profissionais novatos; do quadrinhista nacional; do negro e sua busca de afirmação cultural; dos hippies, os derrotados da grande revolução da “paz e amor”; dos esotéricos; e, novamente, da mulher, agora na pele da dona de casa.

Com Rendez-vous, Henrique Magalhães continua o que começou com Maria: a dignificar as histórias em quadrinhos brasileiras com um trabalho sério, competente, refletido, de qualidade; e a inscrever seu nome na história dos quadrinhos brasileiros.

Edgard Guimarães

   Mais álbuns da série "Das tiras coração" pela Marca de Fantasia
Bartolo
Cristovam Tadeu

1998. 52p. 14x20cm.

Tiras sobre o universo clássico do bebum.
Pivete
Edmar Viana

1998. 52p. 14x20cm.

Os menores abandonados com crítica e humor.
Mogizinho
Rogério
2001. 52p. 14x20cm.
O mundo infantil tratado com inteligência.
A Turma do Xaxado
Antônio Cedraz

2005. 52p. 14x20cm.

A vida dura do nordestino vista com bom humor.
Katita: tiras sem preconceito
Anita Costa Prado & Ronaldo Mendes

2ª ed. 2009. 60p. 14x20cm.

H
omossexualidade feminina em tiras.




 INDEX  EDITORIAL  ÁLBUNS  LIVROS  REVISTAS  CAMARADAS